Em busca da vingança-Capitulo IV

  • Iniciador do tópico inocente13
  • Data de início
Estado
Não está aberto para novas respostas.

inocente13

Guest
Ao nascer do sol o ffacadas com o seu arco e as flechas eliminou as duas sentinelas para conseguirmos atacar de surpresa.
Fomos todos para cima dos cavalos e fomos devagar para não fazer barulho, quando repararam em nos já era tarde, estávamos a entrar pela cidade dentro.
Entramos na taberna e ficamos lá aos tiros peguei na arma e acertei no peito do primeiro que vi o Jorge dava-me apoio nas costas. Reparei num que ia a descer as escadas e dei-lhe um único tiro na perna e caiu pelas escadas abaixo. O Miguel também se safava bem, abatendo um ali outro acolá, a escaramuça acabou tão depressa como tinha começado. Contei os corpos estavam uns 13 corpos no xau.
-Carlos, rápido o Elnino esta a sangrar.
Olhei para atrás, o Elnino estava no xau com o Jorge a tentar estucar a ferida, em pouco tempo estucou ele olhou para mim e disse-me:
-Consegui estucar a ferida mas ele precisa de receber ajuda medica rapidamente.
De repente um tiro calou-nos olha-mos para fora e vimos uns cinquenta bandidos lá fora, o que parecia ser o chefe mandou-os calar:
-Rendam-se estão cercados não têm hipótese!
-Só ate tu teres morrido! -respondeu o Miguel
-Estou a ver que querem morrer, vem assim seja.
O chefe abrigou-se atrás duns barris e ordenou aos seus homens que disparassem, uma chuva de tiros veio contra nos.
Cada um de nos foi para uma janela, reparei que o ffacadas já não estava entre nos, se calhar tinha fugido.
-Estamos a ficar sem balas, Carlos – gritou o Jorge
-Temos de continuar quando te acabar utiliza as dos bandidos mortos.
-Boa ideia tinha-me esquecido disso.
Olhei para fora o chefe tinha sido atingido por uma flecha! Percebi que o ffacadas não nos tinha abandonado, continuava a lutar e bem.
 

Sorilinne Wayne

Guest
Ía jurar que eras descendente de El Saramago a escrever:p Sugiro que dês mais atenção à construção das frases;)

Continua:)
 
Estado
Não está aberto para novas respostas.