As aventuras no Oeste

arrepiado77

New Member
As Aventuras no Oeste

Capitulo 1 - O Sonho


Era uma vez, um rapaz chamado João que sonhava ser um Cowboy.
Ele pensava que era fácil ser um cowboy mas não era fácil como ele pensava.
Pois, e bem era mais dificil porque a mãe dele era pobre e não tinha dinheiro para comprar mantimentos, pistolas,... para assistir em grandes batalhas de tiroteio em pleno deserto.
Tentou pedir esmola, mas o coitado não arranjava dinheiro.
Depois dançou, que só conseguiu dinheiro que desse para comprar Trapos Velhos.
Mas a mãe dele era boa em costura , e ela foi trabalhar em uma empresa de costura.
Logo passados meses... um sorriso nasceu nos lábios de uma criança com confiança em realizar um sonho...
O 1º passo do João estava plenamente realizado!
Arranjar Dinheiro!
Logo a mãe dele comprou tecidos e fez roupas que eram bem melhores do que comprar em lojas.
Depois o João comprou comida.
Mas uma coisa estava mal:
- Mãe, posso comprar uma arma, por favor, quero ser um cowboy!
- Filho, essas armas são um horror, e essa profissão de tiroteio não é a melhor para ti!
O João um pouco triste com um plano, disse à mãe para lhe ensinar a coser.
Passado algum tempo ele aprendeu, e a mãe sempre deu dinheiro a ele para comprar material para fazer roupas.
Depois ele se infiltrou numa feira e vendeu as roupas que fez em 3 meses.
Conseguiu juntar uns 250 dolares e disse à mãe:
- Vou comprar uma arma.
- Não! Isso é muito perigoso!
Ele logo gritou:
- Mas o dinheiro é meu, fui eu que juntei!
A mãe calou-se logo e ficou confusa.
Logo, ele comrpou uma arma e disse à mãe:
- São sonhos, e eu quero realizar!- Logo quando começou outra conversa daquelas.
A mãe então aceitou os sonhos de João e então ela contratou o Xérife da cidade para lhe ajudar a manobrar uma pistola ou seja era uma revolver que já tinha sido usada mas ainda era bem estimada.

Continua!!

Editado por: Arrepiado77
 

arrepiado77

New Member
As aventuras no Oeste

Capitulo 2 - A viagem

Passado meses, o João já sabia manobrar uma arma e então ele disse:
- Obrigado por me ensinar isto tudo Xérife, e obrigado mãe por teres aceitado o meu sonho.
Quando o rapaz fez 18 anos era hora de partir e então ele pegou num cavalo que tinha aprendido a cavalgar com o Xérife aos 14 anos.
Depois despediu-se de todas as pessoas amigas e importantes para ele e foi no Leste da aldeia onde estava uma placa a dizer que por ali era caminho para o Deserto.
Assim ele cavalgou até chegar ao deserto e viu uma pequena casinha, e ele foi ver pela janela e viu 2 ladrões e tinham muito ouro.
O João ficou de boca aberta [ :eek: ] e logo uma mão apertava a sua boca e outra mão apontava com uma arma na sua cabeça e uma voz grossa dizia:
- Rapaz, estás a espiar os meus companheiros... que te trás por cá? Queres roubar? Então vais morrer! - Logo o homem carregou a arma.
E o João tirou a mão que lhe tava a boca e dizia rapidamente cheio de medo:
- Não me mates, eu sou um jovem que tem um sonho de ser cowboy, não vais estragar os meus planos.
O homem logo apontou a arma para o ar e atirou.
O João ficou muito assustado mas logo uma mulher sorridente atirava na arma do homem e fazia ela cair no chão e ela gritava loucamente:
- Mãos atrás da cabeça!
Assim o Homem fez mas os outros 2 ladrões ouviram os tiros e gritaram:
- Mãos atrás da cabeça você minha menina! - Apontando a arma em direção à menina.
Logo um homem fardado e com uma estrela de Xérife na blusa atirou nas pernas dos 2 ladrões ferindo-os e disse:
- Vocês os 2 estão presos!
E a menina feliz disse:
- Paiii, salvaste-nos!
O Pai da menina ficou confuso e disse:
- Nos? Ou eu?
- Nós! Olha o rapaz que apareceu na capa da revista!
Logo o pai da menina disse:
- AAAA pois é, e o outro ou pé dele?
Diz a menina:
- Um vagabundo qualquer!
Passado algum tempo o xérife prendia os 3 ladrões e dizia ao João:
- Bem-vindo ao Deserto [Oeste]!
O João confuso diz:
- Obrigado. Olhem aquele assunto da capa da revista é o que?
O Xérife dizia:
- O meu amigo que também é xerife como eu me disse.
- A você é Xérife? - Perguntou o João.
- Sou. Sou o Xérife John Killer. E ela a tua heroína é a minha filha.
- Prazer aos dois! - Disse o João.
- Prazer também! - Disseram o Xérife John e a sua filha em coro.
Passado um tempo eles falaram sobre a WestVille uma vila que se situava no meio do deserto, e não era a única. O Xérife era Xérife da WestVille e contava as suas aventuras no deserto ao João.
Depois quando o sol se pôs o Xérife John, a sua filha e o João cavalgaram até WestVille e o Xérife pagou uma estadia num Hotel para o João passar lá algumas noites.

Continua.
Editado por: Arrepiado77

Agradecimentos:

Xérife John Killer: luismiguel40

Publicidade:

Sejam agora o Dono do Bar Frédic no site das inscrições: http://forum.the-west.com.pt/showthread.php?p=355779#post355779
 
Só uma coisa,do que vale eu ter-me inscrito para ser xerife se o meu nome nem aparece na história? Era suposto aparecer Xerife Miguel na vez de Xerife Jhon Killer. :eek: .___.
 

arrepiado77

New Member
Concordo que o nome do Xérife podia ser Xérife Miguel, mas ninguém disse que não aparecias miguel. Está em baixo Agradecimentos, a dizer que és o Xérife John Killer.

Boa tarde.
 

arrepiado77

New Member
As aventuras no Oeste

1º Dia - Arranjar um trabalho

O João no dia seguinte, quando acordou foi à rua e não arranjava nada para fazer:
- O que será que faço? :mad:
Logo o Xérife John Killer (luismiguel40) apareceu atrás do João e tocou-lhe no ombro dizendo:
- Olha... eu preciso de ajuda.
- Dou-te 50$ se me arranjares 2 rolos de tecido.
- Ok! - Exclamou o João correndo para o meio da feira procurando uma loja onde vendessem rolos de tecido.
Passado um tempo encontrou a loja onde vendiam tecidos e então viu o preço de cada rolo de tecido e na tabela estava:

Rolo de Tecido Vermelho: 2.00$ (Cada rolo)
Rolo de tecido Verde: 2.00$ (Cada rolo)
E por ai adiante as tais cores...


Ele como só tinha 3.50$ ele irritou-se e saiu da loja.
Mas ele deparou-se com um homem estranho a dar socos e chutes à filha do Xérife:
- Oi matulão! Sim tu ai, tás a te meter com quem?
O Homem pegou num jarro partido correndo em direção ao João e o João rapidamente esquivou-se e deu um tiro de raspão no ombro do homem:
-Bons reflexos... mas nem grande mira. - Disse o Homem com um ar irritante.
Só que logo a filha do xérife deu um soco no homem fazendo o desmaiar e disse:
- Esta é a minha ultima vez que me ficas a dever dólares!
Logo ela tirou 50$ do bolso do homem caido no chão e logo disse:
- Obrigado João. Quanto te devo?
- Bom... não estou com grandes interesses em dinheiro só preciso de 0.50$ para comprar 2 rolos de tecido para o teu pai. - Respondeu o João.
Logo a filha do xérife lhe deu 50 centimos e foi se embora enquanto o João foi para a feira comprar 2 rolos de tecido, um vermelho e um verde.

Mais tarde...

- Tome xérife é para si.
Logo o Xérife lhe deu 50$ e o João foi para o Hotel dormir.

Continua...

Editado e atualizado por: Arrepiado77

Agradecimentos:
- Xérife John Killer - luismiguel40

Inscrevam-se na minha história!!
Sejam o Dono do bar, o Frédic.

Em: http://forum.the-west.com.pt/showthread.php?t=24247

:D:D:D